Auditor é executado em assalto

O auditor Rogê Roberto Narchi, 37, foi assassinado ontem à noite na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. Narchi estava em seu carro conversando com uma amiga e foi surpreendido por dois assaltantes. Quando desceu, um dos marginais atingiu o auditor com três disparos. Ele morreu ao ser socorrido no pronto-socorro do Hospital São Paulo.A amiga da vítima, Cleide Almeida, conta que Rogê lhe havia dado carona e permaneceram conversando no interior do veículo por cerca de 20 minutos. Surgiram, então, os dois assaltantes aproximando-se um de cada lado. Ela conseguiu ver com clareza apenas o que estava junto à porta do passageiro. Era moreno, com pouco mais de 1,70m de altura, aparentando 25 anos."Fiquei, durante todo o tempo, olhando para a arma apontada para mim estava tão nervosa que nem cheguei a perceber os disparos", disse Cleide durante o seu depoimento. Rogê foi baleado no peito, no abdôme e também teve seu braço direito traspassado por um projétil. Os estampidos atraíram outros moradores da rua que telefonaram para a polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.