Aulas são suspensas devido a suposta bomba perto de escola em São Gonçalo

Esquadrão Antibombas esteve no local e constatou que material suspeito não era explosivo

Priscila Trindade, Central de Notícias

18 de maio de 2011 | 14h13

SÃO PAULO - As aulas do período da manhã foram suspensas na Escola municipal Alberto Torres, no Colubandê, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, nesta quarta-feira, 18, devido a uma suposta bomba. Os estudantes do período da tarde terão aula normalmente.

Técnicos do Esquadrão Antibombas estiveram no local, na Avenida Maricá, e isolaram a área. Depois de horas de trabalho, a equipe constatou que o material suspeito era um equipamento de som.

Segundo a Polícia Militar, as maletas prateadas que levantaram suspeita estavam dentro de um carro abandonado em frente ao colégio. O veículo deixado na porta da escola foi roubado em Itaipu, Niterói, na noite de ontem.

O esquadrão de bombas também foi acionado logo pela manhã para averiguar outra suspeita de bomba no Rio. Equipes da corporação foram para o Tribunal Regional do Trabalho (TRT), na Rua do Lavradio, no Centro da cidade do Rio. Ainda não há informação se o objeto é realmente uma bomba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.