Aumenta de R$ 5 mil para R$ 50 mil a recompensa por Dudu

O secretário de Segurança Pública do Estado, Anthony Garotinho, disse, hoje, ao participar da inauguração da nova sala de monitoramento da Linha Vermelha, via expressa que liga a Baixada Fluminense ao centro do Rio , que subiu de R$ 5 mil para R$ 50 mil a recompensa por informações que levem à captura do traficante Eduíno Eustáquio, o Dudu, que tentou invadir a Rocinha, durante os últimos conflitos entre traficantes e policiais. A inauguração do novo sistema de monitoramento, que contará com 15 câmeras, informa a Agência Brasil, tem como objetivo fiscalizar o trânsito e oferecer mais segurança e fluidez aos usuários. As câmeras, distribuídas por toda a via, que está completando dez anos, entrarão em oper ação amanhã e serão controladas por uma equipe de quatro operadores e um operador de áudio. O patrulhamento ostensivo da Linha Vermelha, antes sob responsabilidade do Batalhão de Vias Especiais, já está sendorealizado pelo Batalhão de Polícia Rodoviária do Estado.

Agencia Estado,

30 de abril de 2004 | 14h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.