Aumenta violência contra a mulher em Pernambuco

O número de mulheres assassinadas de janeiro a julho deste ano em Pernambuco - 110 - já é quase igual ao total de 112 homicídios, registrado em todo o ano passado. O aumento da violência contra a mulher no Estado motivou a realização de uma audiência pública, no Recife, organizada pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, do governo federal, com o apoio do Fórum de Mulheres de Pernambuco.De acordo com pesquisa do Data.Sus, Pernambuco ocupa o quinto lugar no ranking nacional em assassinatos de mulheres (7,8% do total de homicídios), Recife está na décima-sétima posição entre os municípios (8,7%) e a região metropolitana está em nono lugar (7,4%). Os maiores índices são de Roraima (20,4%), Florianópolis (26,7%) e Vale do Itajaí (SC), com 25%.Das mortes ocorridas neste ano, 84% ocorreram na região metropolitana e 38% na capital. Dois bairros da periferia, Ibura, na zona sul, e Nova Descoberta, na zona norte, concentraram 37% dos assassinatos. Mais da metade dos crimes ocorreu à noite e 30% na madrugada; 75% deles foram realizados com arma de fogo e 60% das vítimas eram negras. A maioria ocorreu dentro de casa (41%) e 35% dos agressores eram companheiros ou familiares das vítimas. Dez por cento do total foram vítimas de homicídios múltiplos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.