AutoBAn registra redução de acidentes no carnaval

Neste carnaval, a concessionária AutoBAn registrou redução de 75% no número de mortes, 30% na quantidade de feridos e 25% no total de acidentes ocorridos no Sistema Anhangüera-Bandeirantes, em relação ao ano passado. Os dados são referentes ao comparativo da zero hora da quinta-feira antes do feriado até o meio-dia daquarta-feira de Cinzas.No feriado prolongado deste ano ocorreram 75 acidentes contra os 101 contabilizados no mesmo período de 2002, correspondendo a uma redução de mais de 25%. O número de mortes nas duas rodovias caiu 75%. Foi registrada uma morte (atropelamento de ciclista na madrugada do dia 04/03) contra quatro no ano anterior.Outro resultado positivo foi a queda em torno de 30% do número de feridos: foram 39 neste Carnaval e 56 no ano passado. Esses números foram conseguidos mesmo com um aumento de aproximadamente 3% no volume de tráfego.Em 2003, 341.000 veículos deixaram São Paulo com destino ao interior pelas rodovias Anhangüera e Bandeirantes. No ano passado, foramcontabilizados 332.000 veículos. A AutoBAn é responsável, desde 1º de maio de 1998, pela administração das rodovias Anhangüera e Bandeirantes.A concessionária gerencia 316,75 quilômetros de rodovias, compreendendo a SP 330 (Via Anhangüera), de São Paulo a Cordeirópolis,com extensão de 147,04 quilômetros; SP 348 (Rodovia dos Bandeirantes), de SãoPaulo a Cordeirópolis, com 159,67 quilômetros de extensão; SP 300 (Rodovia DomGabriel Paulino Bueno Couto), com extensão de 2,6 quilômetros, e a SP 102/330 (Rodovia Adalberto Panzan), com extensão de 7,44 quilômetros, trechos de interligação das rodovias Anhangüera e Bandeirantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.