CHRISTIAN RIZZI / FOTOARENA
CHRISTIAN RIZZI / FOTOARENA

Autores de assalto no Paraguai são brasileiros, diz ministro do Paraguai

Lorenzo Lezcano se baseou no relato de uma testemunha que disse ter ouvido integrantes da quadrilha conversando em português

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

24 Abril 2017 | 17h24

SOROCABA - O ministro do Interior do Paraguai, Lorenzo Lezcano, disse em entrevista à imprensa paraguaia que os autores do assalto à empresa de transporte de valores Prosegur, na madrugada desta segunda-feira, 24, são brasileiros. Ele se baseou no relato de uma testemunha que disse ter ouvido integrantes da quadrilha conversando em português.

A testemunha, uma mulher, foi interceptada na rua por quatro homens encapuzados e teve uma pistola apontada para a cabeça. "Vão, vão, não olhem para trás", afirmou. Segundo ela, os homens falavam em português. Além disso, conforme o ministro, os veículos usados no assalto tinham placas do Brasil. 

"Para nós seria a primeira vez com essas características. No ano passado, com características similares, também foi vitimada gente da Prosegur no Brasil, especialmente em Ribeirão Preto e Campinas", afirmou.

Ele disse que o bando era numeroso. "Seriam entre 40 e 50 ladrões, mas a investigação ainda determinará o número exato." Lezcano afirmou que a polícia paraguaia tinha informações de que algo semelhante poderia acontecer. "Tinham a informação de que um grande assalto poderia ocorrer, mas não sabiam nem a hora, o lugar, nem o objetivo."

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.