Avaliação de acusado de matar inglesa sai na próxima semana

Análise psicológica do goiano foi autorizada pela Justiça a pedido da defesa; ele esquatejou sua namorada

Elvis Pereira, estadao.com.br

05 Fevereiro 2009 | 18h23

Na próxima semana deve ser divulgado o resultado da avaliação psicodiagnóstica do goiano Mohammed d'Ali Carvalho, de 21 anos, acusado de matar a jovem inglesa Cara Marie Burke, de 17 anos. A previsão é do diretor da Divisão de Apoio da Junta Médica do Tribunal de Justiça (TJ) de Goiás, Adriano Carvalho de Oliveira. Realizados por psicólogos entre os dias 21 e 23 de janeiros, os testes deverão ser analisados com o exame de sanidade mental efetuado em dezembro.   Veja também: Goiano acusado de matar inglesa será julgado em abril Policial confirma que acusado de matar inglesa tentou suborno  Todas as notícias publicadas sobre o caso   Carvalho está preso sob a acusação de homicídio qualificado. De acordo com denúncia do Ministério Público, em 26 de julho do ano passado, ele matou e esquartejou Cara Marie Burke, num apartamento no Setor Universitário, em Goiânia, por supostamente temer que ela não se casasse com ele. O acordo teria sido feito na Inglaterra, onde os dois se conheceram. O objetivo do rapaz seria obter cidadania inglesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.