Avenida Paulista ganha cabines móveis e PMs poliglotas

Quinze cabines móveis de policiamento serão inauguradas nesta quinta-feira nos principais cruzamentos da Avenida Paulista pela Secretaria de Segurança Pública do Estado. Uma equipe de 35 policiais, boa parte deles poliglotas, vai reforçar o patrulhamento na região diariamente, entre 7 e 21 horas. O novo policiamento será direcionado especificamente para o atendimento a moradores e freqüentadores da Paulista - uma das avenidas mais famosas e movimentadas da cidade -, inclusive turistas. Os policiais do recém-criado 34.º Batalhão da Polícia Militar receberam treinamento especial em ética profissional, relações humanas, técnicas de imobilização e policiamento comunitário. Segundo informações da Secretaria de Segurança, a maioria dos PMs fala mais de uma língua - entre elas inglês, chinês e russo. As guaritas da avenida foram doadas pela Associação Paulista Viva. O 34.º Batalhão está treinando 500 policiais para atuarem no centro da cidade, onde serão instaladas outras 120 cabines.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.