Avião apreendido com drogas será entregue à Justiça do Amazonas

Aeronave evitará fechamento de varas no interior, inacessíveis por terra a maior parte do ano

Priscila Trindade, Estadão.com.br

06 de junho de 2011 | 10h20

SÃO PAULO - O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai entregar na manhã desta segunda-feira, 6, um avião monomotor que foi apreendido com 471 quilos de drogas ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM). A cerimônia vai ocorrer no hangar do Departamento de Polícia Federal no Aeroporto Internacional de Brasília (DF).

 

O avião vai evitar o fechamento de 30 varas no interior do estado que são inacessíveis por terra na maior parte do ano. O funcionamento destas varas está ameaçado pela falta de transporte dos processos e dos magistrados. A aeronave é considerada econômica e transporta até seis pessoas.

 

O avião, com valor estimado em R$ 340 mil, foi apreendido em março deste ano, e passará por uma inspeção da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) no aeroporto de Manaus.

 

A entrega do avião ao TJ-AM faz parte do Programa Espaço Livre, que irá atender a todos os aviões inativos em aeroportos do país, que estão sob custódia da Justiça. Atualmente, há pelo menos 119 aviões abandonados, geralmente em decorrência da falência de companhias aéreas.

 

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) avaliou quais aeronaves ainda estão em condições de uso. As que estão sucateadas serão removidas com o auxílio de caminhões do Exército e desmontadas e as peças serão leiloadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.