Avião cai em bairro nobre da capital do Mexico, ministro morre

Um avião de pequeno porte caiu na Cidade do México em meio ao intenso tráfico da hora do pico, provocando a morte de pelo menos oito pessoas, entre elas do jovem ministro do Interior, e deixando dezenas de feridos e carros em chamas. A aeronave, um Learjet de propriedade do governo com capacidade para uma dezena de pessoas, se dirigia ao aeroporto internacional da capital e caiu na avenida Paseo de la Reforma, em um bairro nobre da cidade. O prefeito da cidade do México, Marcel Ebrard, disse à rede de televisão Televisa que o ministro do Interior, Juan Camilo Mouriño, de 37 anos, estava a bordo do avião e que não havia sobreviventes. "É um fato. Não há outra possibilidade, temos os oito cadáveres dos que estavam a bordo", disse Ebrard, acrescentando que há 40 feridos. Pelo menos quatro automóveis que circulavam no local do acidente pegaram fogo e se podia ver restos de corpos humanos a cem metros do lugar do impacto. Ainda se desconhece o motivo do acidente. (Por Anahi Rama e Pablo Garibian)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.