CBM-DF
CBM-DF

Avião cai em fazenda de Nelson Piquet, no DF; ex-piloto não estava a bordo

Passageiros sobreviveram sem ferimentos graves, segundo o Corpo de Bombeiros

Vinícius Valfré, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2022 | 14h44

BRASÍLIA - Um avião de pequeno porte caiu, na manhã desta segunda-feira, 31, em Brasília, na área da fazenda do ex-piloto de Fórmula 1 Nelson Piquet. O piloto da aeronave e quatro passageiros sobreviveram sem ferimentos graves, segundo o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal. Piquet não estava a bordo.

Entre os passageiros, havia um bebê de dois meses, com a mãe. Ambos também estavam ilesos e se dirigiram a uma unidade de saúde para exames, por precaução.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o piloto relatou que, no momento do pouso, já com baixa altitude, o avião foi atingido por uma rajada de vento lateral, que o derrubou.

O acidente ocorreu por volta das 9h30 e mobilizou várias equipes de resgate. Ao todo, sete viaturas e 31 bombeiros participaram das ações. Eles ainda averiguaram riscos de vazamento de combustível e de explosão, o que foi descartado.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos, da Aeronáutica, foi notificado sobre o acontecimento, como é de praxe. Técnicos das Força Aérea Brasileira já foram ao local para uma investigação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.