Avião com equipe de Zezé Di Camargo aborta decolagem em GO

Aeronave da Gol, que seguiria para São Paulo, freia bruscamente no momento da decolagem em Goiânia

Rodrigo Brancatelli, do Estadão,

19 de agosto de 2007 | 17h03

Um avião da Gol Linhas Aéreas teve de abortar a decolagem no começo da tarde de ontem quanto já estava no meio da pista do Aeroporto Internacional Santa Genoveva, em Goiânia (GO), causando pânico e crises de choro nos passageiros. O vôo 1355 tinha como destino o Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, e levava cerca de 10 pessoas da equipe da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano. Os dois músicos no entanto não estavam na aeronave, já que viajavam de jato executivo para um show na cidade de Unaí, em Minas Gerais. Às 14 horas, o avião da Gol já estava em procedimento de partida e tinha percorrido metade dos 2.200 metros da pista em alta velocidade quando o piloto percebeu um aviso luminoso de problema hidráulico. De acordo com a assessoria da empresa, a aeronave freou bruscamente para abortar a decolagem por uma questão de segurança do vôo. A Gol emitiu um comunicado dizendo que todos os passageiros "receberam assistência e foram reacomodados em outros vôos da malha aérea da empresa". Medo de nova tragédia Segundo os próprios passageiros que estavam no vôo 1355 e tiveram de receber ajuda médica no aeroporto por causa de escoriações sofridas no incidente, a aeronave ainda derrapou antes de conseguir brecar totalmente, já quase no limite da pista do aeroporto. O bico do avião já não estava mais no solo na hora em que o piloto abortou a decolagem, o que fez a aeronave "quicar" no asfalto. Flávia Fonseca, mulher do cantor Luciano, chegou a machucar o pescoço e o braço. Muitas pessoas tiveram crises nervosas e choraram com medo de um possível acidente, e algumas vomitaram com a freada brusca.  Os procedimentos de pouso e decolagem foram interrompidos no aeroporto de Goiânia por quase dez minutos por causa do ocorrido. A Gol ofereceu dois outros vôos para alocar os passageiros, um com destino a Congonhas, às 18h50, e outro para Guarulhos, às 19h30. A aeronave foi mandada para manutenção.

Tudo o que sabemos sobre:
crise aéreaproblemas em vôos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.