Avião da Avianca é atingido por pássaro e tem de voltar ao aeroporto de origem

Esse é o terceiro incidente envolvendo a companhia em menos de uma semana: na sexta, um piloto foi demitido e um avião pousou de barriga

Mônica Reolom, O Estado de S. Paulo

31 Março 2014 | 21h38

Um avião da Avianca teve de retornar ao aeroporto de origem após um pássaro se chocar com um sensor na turbina que indica a posição do trem de pouso. Esse é o terceiro incidente envolvendo a companhia em menos de uma semana.

O voo saiu de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, na noite de domingo, 30, com destino a Cuiabá, no Mato Grosso. Durante o trajeto, um pássaro se chocou com o sensor da turbina do Fokker 100, o que impossibilitou ao piloto saber se o trem de pouso estava baixado ou não. Ele acionou a torre de controle e pediu reforço em solo.

O piloto então seguiu o procedimento de precaução e retornou a Campo Grande - a pista do aeroporto internacional é maior.

Os 78 passageiros e cinco tripulantes foram desembarcados normalmente e realocados em um voo que partiu na madrugada desta segunda-feira, 31. Ninguém ficou ferido.

Mais conteúdo sobre:
Avianca aviação Campo Grande Cuiabá

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.