Avião da TAM arremete para evitar colisão em Porto Alegre

Pouso não foi autorizado pela Aeronáutica, já que uma aeronave da Gol taxeava na pista

Elder Ogliari, Nélia Marques e Sandra Hahn do Estadão,

20 de agosto de 2007 | 19h10

Um avião da TAM que fazia a rota São Paulo-Porto Alegre arremeteu, na madrugada desta segunda-feira, 20, quando realizava procedimento de aproximação da pista do Aeroporto Salgado Filho, na capital gaúcha. Segundo informações do Centro de Comunicação da Aeronáutica, o avião não tinha autorização para pousar e teve que fazer o procedimento para evitar uma colisão com uma aeronave da Gol que taxeava na pista.  "Ouvimos a gravação e não houve autorização de pouso", informou um militar do centro de comunicação. A Aeronáutica vai continuar levantando informações sobre o incidente. "O Air Bus da TAM arremeteu a cerca de 500 pés ou 170 metros de altura por decisão do piloto. O pouso não havia sido autorizado", informou um dos militares.  A torre de comando não registrou nenhum problema de comunicação com a aeronave e a aproximação era normal até o momento da arremetida. A Aeronáutica informou que um avião estava taxeando na pista enquanto a aeronave da TAM fazia sua aproximação, mas ressaltou que não haveria risco de colisão entre os dois. O vôo pousaria às 23h35, mas só desceu à 1h13 da madrugada desta segunda. O atraso foi motivado pela demora na partida, do Aeroporto Internacional de São Paulo (Cumbica), em Guarulhos. Até o momento, a TAM não se pronunciou sobre o caso.

Tudo o que sabemos sobre:
crise aéreaarremetidaTAMAeronáutica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.