Avião da TAM passa por inspeção antibomba após denúncia

Uma aeronave da TAM que fazia o vôo 3371 foi inspecionada duas vezes nesta segunda-feira devido a um telefonema dado à empresa área denunciando a possibilidade de existir uma bomba no vôo. No início da tarde, o avião, que vinha de Belo Horizonte, fez escalas em Brasília (DF) e Salvador (BA), e pousou em Natal para que 54 passageiros com destino a Brasília. Com o auxílio da Polícia Federal, a Infraero de Natal armou todo o aparato para inspeção da aeronave na pista do aeroporto Augusto Severo, assim que os passageiros começaram a desembarcar. À noite, por volta das 20h30, foi efetuado uma segunda inspeção, quando a aeronave pousou em Brasília. Em ambas as ocasiões, nada foi encontrado. A PF suspeita que o telefonema tenha sido trote. Na lista dos passageiros que seriam embarcados em Natal, estavam três parlamentares do Rio Grande do Norte: o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB) e os deputados federais Nélio Dias (PP) e João Maia (PR).

Agencia Estado,

12 Fevereiro 2007 | 21h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.