Avião da TAM sofre acidente e causa incêndio perto de Congonhas

Os restos de um Airbus da TAM estão em chamas entre um posto de gasolina e um edifício de cargas da própria companhia aérea em frente à cabeceira da pista do aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Extra-oficialmente, um funcionário da TAM disse à Reuters que era um vôo proveniente de Porto Alegre. "Eu não posso passar essas informações para vocês, mas ele vinha de Porto Alegre e passou reto na aterrissagem", disse o funcionário, sob a condição de anonimato. As chamas ainda estão ativas e o cheiro de plástico queimado e fumaça é insuportável. A avenida 23 de Maio, que separa o aeroporto do local das chamas, está com o trânsito interrompido nos dois sentidos. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, 31 viaturas do corpo de bombeiros se encontram no local para combater o fogo. Pelo menos dez ambulâncias já chegaram ao local. O Comando da Aeronáutica confirmou a queda do avião mas não produziu nenhuma informação sobre a origem do vôo e o número de passageiros a bordo. A rádio CBN noticiou que a Infraero teria confirmado que havia 174 pessoas a bordo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.