Avião da Varig retorna a Cumbica após 50 minutos de vôo

No final da noite de quarta-feira, já nas proximidade de Curitiba, cerca de 60 passageiros do vôo 8918 (Guarulhos/Montevidéu) da Varig, após quase cinqüenta minutos da decolagem ocorrida no Aeroporto Internacional de São Paulo, foram informados de que iriam voltar à base em Cumbica, Guarulhos. O comandante da aeronave, segundo passageiros, disse que o aeroporto de Montevidéu e Punta del Leste, no Uruguai, e o Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba, estavam fechados por causa do mau tempo.De acordo com a professora de Inglês Harumi Takamatsu e seu namorado, que estavam na aeronave, o vôo marcado para às 21h15 saiu com atraso de quase uma hora. "O comandante nos disse em pleno vôo que aqueles que morassem no Rio seriam levados de volta, mas quem morasse em São Paulo teria dificuldades, pois todos os hotéis da região de Guarulhos estavam lotados."Ainda, segundo os passageiros, não havia previsão de encaixe para os vôos seguintes e que "o jeito era ir tentando até domingo". Ou então retornar no mesmo horário, nesta quinta-feira, pagar 200 dólares de taxa e embarcar em um vôo que fará conexão em Santiago, no Chile.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.