Avião da Via Brasil continua no chão

O Departamento de Aviação Civil ainda aguarda a documentação da empresa Via Brasil Transportes Aéreos para liberar o Boeing 727-200, que está retido desde domingo no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro.A assessoria de imprensa do órgão informou que a aeronave terá autorização para voltar a operar assim que os documentos forem entregues. O Boeing 727-200 ? único avião da empresa ? foi impedido de operar depois que o DAC vistoriou a sede da Via Brasil, em São Paulo, na semana passada.A empresa não tinha a documentação para comprovar que a aeronave havia passado por um tratamento anticorrosão da fuselagem. Além disso, uma peça do trem de pouso dianteiro foi trocada sem que a empresa tivesse o histórico do equipamento, que deve informar sua origem e validade.O DAC informou que, enquanto a aeronave estiver parada, a empresa é obrigada a custear hospedagem, alimentação e transporte para os passageiros que estiverem em trânsito. Ela ainda pode transferi-los para vôos de outras companhias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.