Avião de produtora de cinema cai no Tocantins com três ocupantes

Monomotor fazia voo de reconhecimento para filmagens; dois passageiros e piloto passam bem

Julia Baptista, da Central de Notícias,

20 de julho de 2010 | 21h05

SÃO PAULO- Um avião monomotor que pertence à produtora O2, do cineasta Fernando Meirelles, sofreu uma queda por volta das 16 horas desta terça-feira, 20, em Palmas (TO). Segundo a Polícia Militar do Tocantins, uma falha mecânica obrigou o piloto a fazer um pouso forçado no Parque Estadual do Lajeado, localizado a 24 quilômetros de Palmas.

 

Os três ocupantes do avião foram encaminhados ao Hospital Geral de Palmas e não correm risco de morte. A assessoria de imprensa da O2, em nota, disse que o avião faria um voo de reconhecimento

para as filmagens aéreas do longa-metragem Xingu.

 

Além do piloto, de 33 anos, havia dois publicitários no avião, um de São Paulo e o outro do Tocantins. Xingu será dirigido por Cao Hamburger e vai contar a história dos irmãos Villas Boas, que dedicaram seu trabalho à defesa dos índios, e criaram o Parque Nacional do Xingu, em 1961. O roteiro é de Elena Soarez e Cao Hamburger.

 

Veja abaixo a nota:

 

"A O2 Filmes esclarece que as três pessoas que ocupavam a aeronave que faria um voo de reconhecimento para as filmagens aéreas do longa-metragem Xingu nesta tarde, passam bem. O avião sofreu uma queda logo após a decolagem. O piloto e os dois membros da equipe de filmagem já estão sob cuidados médicos em um hospital local e as notícias até o momento é de que todos passam bem."

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.