Avião etíope com 90 a bordo sofre acidente em Beirute

Um avião da Ethiopian Airlines com 90 pessoas a bordo sofreu um acidente na costa do Líbano nesta segunda-feira, pouco depois de decolar de Beirute.

NADIM LADKI, REUTERS

25 Janeiro 2010 | 07h30

O Boeing 737-800, que voava para Addis Ababa, desapareceu dos radares cinco minutos depois de decolar durante uma tempestade e forte chuva. O presidente libanês, Michel Suleiman, disse não acreditar que o avião tenha sofrido a queda deliberadamente.

"Até o momento, um ato de sabotagem é improvável. A investigação vai revelar a causa", afirmou Suleiman em uma entrevista à imprensa.

Quatorze corpos foram resgatados perto do local do acidente 3,5 quilômetros ao oeste da cidade litorânea de Na'ameh. Oitenta e três passageiros e sete tripulantes estavam a bordo da aeronave, segundo o ministro dos Transportes, Ghazi al-Aridi.

O presidente-executivo da Ethiopian Airlines, Girma Wake, disse que conversou com autoridades libanesas que não confirmaram haver sobreviventes.

Mais conteúdo sobre:
ACIDENTE AVIAO ETIOPE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.