Avião que caiu em Maceió era da Base de Pirassununga

O avião Tucano, produzido pela Embraer, que caiu hoje em Maceió, matando o piloto, o tenente André Marcelo, 32 anos, e o seu co-piloto, o aspirante Carvalho, era da Base Aérea da Força Aérea Brasileira (FAB) de Pirassununga, no interior paulista. O avião Tucano de treinamento havia saído cedo do aeroporto de Palmares e se dirigia para Aracaju, quando caiu sobre algumas casas, em Maceió, ferindo levemente três pessoas. "Agora, as investigações estão sendo realizadas pelo Centro de Investigação de Acidente da Aeronáutica", informou o capitão Valdir Codioto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.