Estadão
Estadão

Avião que ia a Nova York faz pouso em Brasília após briga de casal

Casal de brasileiros discutiu e desobedeceu determinações de funcionários; aeronave partiu de Cumbica, em Guarulhos, e voo só foi retomado após 17 horas

O Estado de S.Paulo

28 Dezembro 2016 | 22h43

BRASÍLIA - Uma briga entre um casal em um voo da American Airlines motivou nesta quarta-feira, 28, a parada em Brasília do avião que havia partido do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, com destino a Nova Iorque.

O pouso na capital federal ocorreu por volta das 3 horas desta terça. Segundo a Polícia Federal, funcionários da empresa informaram que o casal de brasileiros discutiu já na decolagem e desobedeceu suas determinações, como a de atar os cintos de segurança.  Os relatos apontam que a mulher estava muito agressiva e agrediu verbalmente os tripulantes. Ambos foram obrigados a voltar a São Paulo. 

Já a maioria dos cerca de 300 passageiros tiveram de desembarcar e serem acomodados em hotéis e receberem vouchers de alimentação. O voo só foi retomado às 20h20 desta terça, mais de 17 horas depois.  A empresa informou que a demora ocorreu em razão da jornada de trabalho da tripulação estipulada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que não pode superar 12 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.