Avôs são presos acusados pela morte de neto

A aposentada Ana de Oliveira Bueno, de 72 anos, e seu companheiro José Bueno dos Santos, de 60, estão presos, acusados de terem contratado três pessoas para matar o neto Márcio Aparecido Bueno, de 26, em Tatuí, a 140 quilômetros de São Paulo. O casal alega que era constantemente agredido pelo neto, criado desde pequeno pela avó. Márcio Bueno foi assassinado a golpes de faca, martelo, pé de cabra e pedradas, na Estrada Municipal Waldemar Belluci, que liga Tatuí a Boituva, às 22h30 da última segunda-feira."Tiramos uma pedra do nosso sapato", disse Santos, mandante confesso do crime e avô adotivo do rapaz. Ele ofereceu R$ 1 mil e uma motonete Vespa para os autores do crime, os irmãos Adão Vieira da Cruz, de 22 anos, João Batista Vieira da Cruz, de 23, e Darci Vieira da Cruz, de 28. Os três irmãos foram presos 20 minutos depois do assassinato, ainda com as roupas sujas de sangue. Leia Mais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.