Babá confessa assassinato de criança em São Paulo

A babá Maria Margarida de Araújo, de 44 anos, confessou nesta segunda-feira, 25, ter assassinado uma criança de 1 ano e oito meses, em fevereiro deste ano. O crime aconteceu na região de Sapopemba, zona leste de São Paulo.De acordo com a polícia, a babá admitiu o assassinato durante a reconstituição do crime. Ela confessou ter sufocado a criança com as mãos. A babá disse ainda que afogou o bebê na banheira depois que ele desmaiou.Após o crime, Maria chamou os vizinhos e pediu ajuda para salvar a criança. Na ocasião, a babá alegou ter encontrado o bebê desmaiado na banheira. A criança foi levada ao hospital, onde chegou morta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.