Bairro de Hortolândia tem surto de hepatite A

O bairro Parque Peron, em Hortolândia, na região noroeste do Estado de São Paulo, enfrenta um surto de hepatite tipo A, com três casos confirmados e 11 suspeitos, divulgou a Vigilância Epidemiológica do município. No bairro, uma ocupação iniciada há pelo menos dez anos, moram cerca de 1,5 mil pessoas. O local não tem rede de esgoto nem água encanada.A Vigilância informou que os moradores deverão ser vacinados contra a doença nas próximas semanas, como medida preventiva.A primeira vítima confirmada foi uma criança de oito anos, estudante da escola de ensino fundamental Maria de Lourdes Leite Canto, vizinha ao bairro. A Vigilância promoveu um trabalho junto aos alunos da escola e descobriu outros dois doentes. Os três residem no Parque Peron.Técnicos do órgão municipal fizeram uma vistoria nas 195 casas do bairro, orientaram os moradores sobre os sintomas da doença e como evitá-la. De acordo com a Vigilância, os três doentes foram medicados e estão sendo acompanhados por médicos da rede pública de saúde. Eles consumiram água de poço, que deve ser fervida e filtrada antes de ser utilizada.A hepatite A é transmitida por via fecal e oral. Os sintomas são dor abdominal, vômito, febre, olhos amarelos e fezes esbranquiçadas. O período de avaliação do doente é de duas semanas. De acordo com a Vigilância, a hepatite A pode agravar-se se não for tratada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.