Baixa umidade do ar afeta São Paulo e Mato Grosso do Sul

Deve ficar abaixo dos 30% no norte e oeste de SP, e no norte e noroeste do MS pode ficar abaixo dos 20%

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

23 de setembro de 2008 | 18h14

A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) enviou alerta de baixa umidade do ar às Defesas Civis dos Estados de São Paulo e do Mato Grosso do Sul. De acordo com a Sedec, pelo menos até quarta-feira, 24, a presença de uma massa de ar seco deixa a umidade relativa do ar abaixo dos 30% no norte e oeste de São Paulo e em grande parte do Mato Grosso do Sul, com exceção do sul do Estado. Em algumas localidades do norte e noroeste do Mato Grosso do Sul os índices podem ser mais críticos, chegando a 20%.  Veja também:O que fazer para amenizar efeitos do ar seco A previsão do tempo para a sua cidade     A Sedec desaconselha atividades ao ar livre e exposição ao sol entre as 10h e 17 horas, principalmente entre 14h e 16 horas, período do dia em que a umidade do ar fica mais baixa. A ingestão de bastante líquido é recomendável para evitar a desidratação. Os alertas são baseados em informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.