Bala perdida atinge mulher na Avenida Brasil

A estudante Daniele Rodrigues Moraes, de 20 anos, foi atingida no ombro direito por uma bala perdida, por volta das 4 horas da madrugada de hoje, quando passava de carro pela Avenida Brasil, na altura do bairro Ramos, zona norte do Rio. Ela passa bem.A moça, que estava no banco de carona, foi levada para o Hospital Getúlio Vargas, onde foi submetida a uma cirurgia para retirada do projétil de fuzil. Os médicos disseram que ela não sofreu lesão interna grave. O tiro entrou pelo pára-brisa, atingiu o ombro direito de Daniele, atravessou o banco onde ela estava e estilhaçou o vidro traseiro do carro. A estudante deverá ter alta hoje ou amanhã. O batalhão da Polícia Militar do Complexo da Maré, responsável pelo policiamento na região, não informou se houve confronto com traficantes no momento em que ela foi ferida.Também na Avenida Brasil, na altura de Ramos, foi encontrado de manhã o corpo da jovem Fabiane Oliveira da Silva, de 15 anos, com marcas de tiros. Segundo a polícia, Fabiane saiu de casa há alguns anos para viver com um namorado. A hipótese de que o crime tenha ligação com o tráfico de drogas está sendo investigada.Na Avenida Automóvel Clube, na zona norte, ainda na manhã de hoje, o policial civil Marcelo Calheiro da Silva, de 31 anos, foi baleado no abdome e na mão, ao tentar impedir um assalto. O crime foi às 7h30. O policial foi levado para o Hospital Salgado Filho e foi operado. Ele ficará em observação. Silva trabalha na Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.