Bala perdida fere gravemente estudante no Rio

É gravíssimo o estado de saúde da estudante Taís da Silva, de 12 anos, vítima de uma bala perdida durante uma festa perto do Morro do Encontro, no Grajaú, zona norte do Rio, na noite de domingo. A estudante, que foi socorrida pelos parentes, teve lesões no fígado e no tórax. Ela foi submetida a uma cirurgia para retirada do baço e está internada no hospital do Andaraí. O caso foi registrado menos de doze horas depois da passeata pelo desarmamento, que mobilizou milhares de cariocas na praia de Copacabana. Taís, que mora perto do Morro do Encontro, participava de um aniversário na casa de uma vizinha, acompanhada da mãe, Sara da Silva, de 60 anos, e da irmã, Viviane, de 23. Pouco antes de ser atingida, a menina comentara que estava assustada com o barulho dos tiros. Houve pânico entre os freqüentadores da festa.De acordo com a polícia, ela foi vítima de quadrilhas de traficantes rivais, em guerra pelo controle dos pontos de venda de drogas. A mãe dela disse que, pela direção, o disparo partiu do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, bairro vizinho ao Grajaú.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.