Bala perdida vinda do morro causa incêndio em prédio no Rio

Projétil partiu da Vila Cruzeiro, onde havia forte troca de tiros entre traficantes e policiais; três ficaram feridos

Pedro Dantas, O Estado de S. Paulo

23 de outubro de 2009 | 14h15

Uma bala perdida atingiu e provocou um incêndio num apartamento na Penha, levando pânico aos moradores nesta sexta-feira, 23. O projétil foi disparado da Vila Cruzeiro, favela da zona norte que fica próxima de onde, por volta das 14 horas, havia intensa troca de tiros entre traficantes e policiais, que já durava duas horas. Três pessoas ficaram feridas e foram socorridas no Hospital Getúlio Vargas.

 

Veja também:

linkViolência derruba major da PM e deixa mais feridos no Rio

linkCompetição no mercado de drogas nutre violência no Rio, diz 'Economist'

linkRepórter do 'El País' diz que foi capturado em morro do Rio

mais imagens Imagens de uma guerra não tão particular

 

Maria José Costa, de 50 anos, chora após seu apartamento ser destruído. Foto: Wilton Júnior/AE

 

Integrantes do 28º Grupamento do Corpo de Bombeiros tentavam, no mesmo horário, apagar o fogo no imóvel. Seis corpos foram encontrados hoje na Favela do Batan, na zona oeste do Rio de Janeiro, após uma denúncia, informou a Polícia Militar (PM).

 

A guerra pelo controle do tráfico de drogas se intensificou no sábado, quando criminosos da facção Comando Vermelho tentaram invadir o Morro dos Macacos, também localizado na zona norte da cidade, controlado pela quadrilha Amigos dos Amigos. Um helicóptero da PM foi derrubado no sábado pelos bandidos, matando três policiais.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciaRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.