Balas perdidas matam mãe e ferem filho no Rio

Policiais e traficantes trocaram tiros no Jacarezinho

Clarissa Thomé, O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2016 | 00h00

Uma operação policial na Favela do Jacarezinho, zona norte do Rio, deixou três mortos ontem, entre eles a dona de casa Elisângela Ramos da Silva, de 28 anos. O filho dela, de 4 anos, estava no colo e foi atingido na cabeça. A criança está internada no Hospital Municipal Salgado Filho em estado grave. Dois criminosos foram presos. Outras duas pessoas foram atingidas por bala perdida. Elisângela levava os três filhos para a escola, quando foi surpreendida pelo tiroteio. Ela morreu no local. Seu filho foi socorrido, passou por cirurgia e está internado na Unidade de Pacientes Graves.De acordo com nota divulgada pela Assessoria de Imprensa da Polícia Militar, a mulher e a criança foram atingidas por criminosos. Também ficaram feridos uma senhora de 50 anos, atingida por estilhaços de granada, e um homem de 38 anos, que ficou ferido no pé direito por bala perdida. TRÁFICOPoliciais do 3º Batalhão da Polícia Militar (Méier) fizeram a operação para combater o tráfico no Jacarezinho. Houve intensa troca de tiros.Dois supostos criminosos, Fábio de Souza Lima e Lincoln da Silva Resende, ambos de 19 anos, foram atingidos no peito e morreram no Hospital Salgado Filho. Fábio Fernando Albino e Wesley Gonçalves dos Santos também ficaram feridos e foram presos.Santos havia procurado socorro no Hospital Quinta D?Or, onde foi localizado pela polícia.A polícia apreendeu três pistolas e pequena quantidade de maconha, crack e cocaína.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.