Baloeiros são detidos na zona norte de SP

Durante um mês, após denúncia anônima, policiais civis do 39º Distrito Policial, de Vila Gustavo, na zona Norte da capital paulista, estavam atrás de baloeiros que agiam na região. Ontem, por volta das 23h, os investigadores ficaram de campana em frente a um galpão, localizado na rua Monte Belo, nº 343, em Parada Inglesa. Assim que perceberam uma movimentação dentro do galpão foram até a porta e conseguiram entrar. Lá dentro estavam quatro pessoas. Foram detidos Sérgio Tacci, Márcio Vinícius Pedrolin e um menor, de 17 anos. Um quarto integrante da quadrilha que fabricava e vendia balões neste endereço passou-se por advogado dos outros três. Ele disse que iria até a rua para pegar alguns documentos e conseguiu escapar. Os três detidos foram levados para o 39º Distrito Policial, onde prestaram depoimento ao delegado Alessansdro Ferrano Morcillo. Segundo o delegado, os maiores foram indiciados por crime ambiental e desobediência, pois tentaram impedir a entrada dos policiais no galpão. Se condenados, Sérgio e Márcio podem ficar presos no máximo três anos e seis meses. Para esse tipo de crime a fiança é de cinco salários mínimos e os acusados podem responder em liberdade. O delegado disse que iria verificar se os detidos poderiam pagar o valor e não quis adiantar se os dois maiores ficariam presos. O menor foi liberado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.