Bandido atira e mata vendedora ao tentar roubar carro da vítima

A vendedora Maria Angélica da Silva, de 48 anos, foi morta com dois tiros - um em uma das pernas e outro nas costas -, ao ser vítima de uma tentativa de roubo quando chegava em casa, por volta das 22h desta terça-feira, na Rua Bailique, nº 115, na Vila Formosa, zona Leste da capital paulista. Segundo a polícia, a vendedora entrou com o carro, um Fiat Palio, na garagem de casa; e, antes, que o portão automático descesse porcompleto, um dos dois bandidos que se escondiam na rua entrou na garagem com a intenção de levar o carro. Armado, o rapaz mandou que Angélica abrisse o portão para ele fugisse com o carro, maso controle-remoto caiu debaixo do carro. Desesperado porque havia ficado trancado, o bandido atirou duas vezes contra a vítima e fugiu pelo portão menor da garagem. Maria Angélica nãoresistiu aos ferimentos e morreu. O caso foi registrado no 58º Distrito Policial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.