Bandido com indulto de natal assalta ônibus e mata motorista

Casado, pai de três filhos, o motorista de ônibus José Carlos de Novaes, de 40 anos, foi assassinado com dois tiros, durante o trabalho, no início da noite desta sexta-feira, na zona Leste da cidade de São Paulo. O crime ocorreu por volta das 18h30, na esquina da Avenida Águia de Haia com a Rua Diofanto, no Jardim Brasil, região de Cidade A. E. Carvalho, no interior do coletivo da Viação São José, que fazia a linha Jardim Robru - Metrô Artur Alvim. Armado, um casal entrou no ônibus e anunciou o assalto. Enquanto a assaltante dominava o cobrador e retirava o dinheiro da catraca, o comparsa dela ameaçava José Carlos. Antes de descer do coletivo, já em posse de R$ 48,90, o bandido, mesmo sem qualquer tipo de reação por parte da vítima, atirou duas vezes contra o motorista. Apesar de ter sido levado imediatamente ao Pronto-socorro de Ermelino, José Carlos não resistiu e acabou morrendo.O criminoso, já fora do ônibus, atirou mais uma vez em direção ao motorista, mas o disparo desta vez não atingiu ninguém. O atirador foi identificado como Willian Soares Sena de Araújo, de 22 anos, que, segundo a polícia, havia recebido indulto de Natal para passar o feriado com a família. A identificação do bandido só foi possível porque o casal, na fuga, deixou uma mochila dentro do ônibus; e no interior dela, uma carteira de identidade, com a foto do criminoso, reconhecida pelos passageiros. O caso foi registrado como roubo consumado seguido de homicídio doloso, pelo delegado José Manoel Lopes, no 64º Distrito Policial, de Cidade A.E.Carvalho. A comparsa de Willian ainda não foi identificada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.