Bandido morre durante roubo de caça-níqueis em SP

Um bandido morreu e outros três conseguiram fugir ao tentarem roubar sete máquinas caça-níqueis do interior de um bar localizado Rua Ângelo Aparecido dos Santos Dias, no Jardim São Jorge, zona oeste da capital paulista. A quadrilha, segundo a Polícia, é especializada em roubos de máquinas de jogos de azar.Às 21h de segunda-feira, 26, quatro criminosos entraram no estabelecimento, renderam o casal proprietário do bar, levaram as vítimas para a residência delas nos fundos do comércio, baixaram as portas e começaram a separar as máquinas. Segundo a Polícia Militar, os criminosos haviam chegado em uma van Trafic Chevrolet, na qual iriam levar as máquinas, mas um dos assaltantes ficou fora do bar à espera de outro criminoso, especializado em instalação de máquinas caça-níqueis, acionado para retirar um dos sete equipamentos que não havia sido desinstalado ainda.A filha do proprietário voltava da escola e ao passar próximo do bar estranhou ao ver as portas fechadas e percebeu que um homem estava ao lado de uma van. Policiais militares foram acionados e ao chegarem no bar não encontraram mais o suspeito, que havia fugido e deixado a van com as portas traseiras abertas. Ao baterem na porta do estabelecimento, os policiais foram recepcionados pelo criminoso."Ele pensou que era o comparsa dele avisando sobre a chegada do rapaz que iria desinstalar a outra máquina", relatou o sargento Aires. Neste momento o assaltante se escondeu ao lado de uma das máquinas e atirou contra os policiais, que revidaram. Carlos Adriano de Souza, de 26 anos, armado com uma pistola calibre 380, de numeração raspada, foi atingido por quatro tiros e morreu logo após ser levado ao pronto-socorro Municipal Dr. Caetano Virgílio Neto (PS Bandeirantes), no Butantã. Os dois bandidos que faziam o casal de comerciantes refém fugiram pelos fundos do imóvel. Concorrência entre comerciantesNo último dia 22, policiais militares do 16º Batalhão já tinham prendido dois homens acusados de roubar máquinas caça-níqueis na mesma região. Duas delas foram roubadas de um bar na Rua Caminho do Engenho e depois levadas para um depósito situado na Rua Salvador Risoléu, no Jardim Periperi. No galpão, os policiais encontraram outras 20 máquinas e uma picape Fiorino utilizada no roubo.Segundo os policiais, há naquela região concorrência entre comerciantes em relação a estas máquinas, e criminosos travam luta na tentativa de roubar os equipamentos e repassá-los a comerciantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.