Bandido seqüestra helicóptero para resgatar presos

Um bandido seqüestrou um helicóptero e tentou resgatar um detento do Presídio Desembargador Adriano Marrey, localizado à margem da Rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos, na Grande São Paulo, esta tarde. Ele teria feito o piloto refém e o obrigado a pousar no telhado do prédio. A ação foi frustrada pelos guardas da muralha que abriram fogo contra o aparelho e acabaram atingindo os ocupantes. A tentativa de resgate do ladrão Alexandre dos Santos, condenado a 25 anos, terminou com ferimentos graves por tiros de fuzil no piloto que fora seqüestrado, nos dois homens que tinham forçado a descida do helicóptero e no detento. Gravemente ferido por um tiro no peito, o piloto Alexandre Frederico Almeida Colasso, de 28 anos, da Álamo Táxi Aéreo, precisou ser levado pelo helicóptero da PM até o Hospital das Clínicas. Ele chegou consciente ao hospital e foi operado. Os dois homens que seqüestraram o piloto e Santos foram transferidos de ambulância para o Hospital Padre Bento, em Guarulhos. Santos foi levado para o Deic ontem à noite.Segundo a Polícia Militar, a ação ocorreu no horário de visitas do presídio. Houve pânico, mas a situação foi logo controlada no local. Ainda segundo a PM, o seqüestro do helicóptero de prefixo PT-H11 já havia sido avisado à polícia antes da ação.Na noite de sábado, Colasso fora avisado pelo dono da empresa que haveria um vôo panorâmico para a tarde de domingo, repassado pela Helimarte Táxi Aéreo. Colasso bem que tentara passar o vôo para outro piloto pois queria ficar com a filha que nasceu faz cinco dias. Mas o dono da Álamo não conseguira substituição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.