Bandido, suspeito de sequestro, ensina filho e sobrinha a assaltar e a agredir

Suspeito de ser líder da quadrilha que sequestrou uma mãe e o filho em Santa Catarina, o foragido Rafael Borba, de 33 anos, gravou um vídeo no qual ensina o filho e a sobrinha, de 4 e 3 anos, respectivamente, a roubar e a agredir. Ele é procurado no Paraná por homicídio. O material foi encontrado na quarta-feira na casa da cunhada dele, Christiane Stem, de 32 anos, autora da filmagem. A polícia invadiu as casas da família Stem no Bairro da Armação, em Penha, litoral catarinense. Foram detidas Sulimar Evaristo Stem, de 55 anos, e as suas filhas, Christiane e Viviane. A Justiça decretou prisão temporária por 30 dias. O trio é acusado de planejar o sequestro da professora Benta Pivatto, 43 anos, e de seu filho, de 3, num hotel, em Penha, na segunda.Eles foram libertados 30 horas depois em São Paulo, mediante resgate de R$ 57 mil. Segundo a polícia, 12 pessoas estão envolvidas. Viviane, camareira havia dois anos, teria avisado o bando sobre a presença de mãe e filho. Ela teria pensado que fossem ricos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.