Bandidos assassinam dona de casa na zona Norte de SP

A dona de casa Maria Odete do Amarante, portuguesa, de 55 anos, foi morta por ladrões após ser levada como refém, na noite de ontem, em assalto, na zona norte da capital paulista. A mulher foi abordada por três assaltantes na Avenida Dr. Cezefredo Fagundes, região da Água Fria, quando esperava pela filha que vinha da faculdade. Os homens entraram na perua Ipanema da vítima e a lavaram para um matagal localizado na Travessa Cotinda, região da serra, onde mataram Odete e jogaram o corpo em uma vala. A filha de Odete, como não encontrou a mãe, foi para casa. O marido de Odete, Roberto Quintão, estranhando o desencontro, resolveu parar uma viatura da PM em frente à casa da família, situada na Chácara 29, relatando o ocorrido. Os policiais decidiram fazer o trajeto que a mulher teria feito. Na avenida Cezefredo Fagundes, a viatura cruzou com a Ipanema da dona de casa, que era ocupada pelos pedreiros Amilton Bernardo da Silva, 22, e Gildemar Rodrigues Sobrinho, 21.Amilton confessou o crime e ambos acabaram detidos. A arma usada para atirar contra a cabeça da vítima, um revólver calibre 32, foi abandonada no matagal. O irmão de Amilton, preso quando andava pela avenida, nega participação no crime, que será averiguada. O latrocínio foi registrado no 20º Distrito Policial, da Água Fria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.