Bandidos disfarçados de policiais invadem condomínio

Quatro homens, fortemente armados e usando camisetas das Polícias Civil e Federal, forjaram operação e invadiram, por volta das 20h30 desta segunda-feira, condomínio no bairro de Santo Antonio, região central de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, à procura de um dos moradores. O homem procurado, segundo a Polícia Militar, seria porteiro de um prédio de luxo na cidade, mas ele não estava naquele momento. A intenção dos falsos policiais era levar a vítima até o prédio e lá realizar um arrastão.No entanto, policiais militares em patrulhamento pela região, desconfiaram de uma picape Ford EcoSport parada próximo ao condomínio. Ao perceber a aproximação dos policiais, o motorista da picape alertou os comparsas, que retornaram para o carro. Por alguns minutos, houve perseguição e troca de tiros, que só terminou quando a quadrilha abandonou o carro na Rua Coelho Barradas, no Parque Vila Prudente, próximo à Avenida Luís Ignácio de Anhaia Mello, na zona leste da capital.Os bandidos conseguiram fugir a pé, mas deixaram na picape duas caixas contendo dois artefatos supostamente explosivos. Policiais militares do Grupo de Ações Táticas e Especiais (Gate) foram acionados e destruíram as duas caixas, que na verdade continham apenas objetos que simulavam uma bomba. O caso foi registrado no 56º Distrito Policial, de Vila Alpina. Ninguém foi preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.