Divulgação/Prefeitura de Vila Velha
Divulgação/Prefeitura de Vila Velha

Bandidos entram em posto de saúde do ES para furtar vacinas de febre amarela

Grupo, no entanto, encontrou a geladeira vazia já que as doses haviam se esgotado no dia anterior

Vinicius Rangel, Especial para O Estado

27 Janeiro 2017 | 19h43

VITÓRIA - Na disputa para conseguir se imunizar contra a febre amarela, no Espírito Santo, bandidos invadiram uma unidade de saúde, na Barra do Jucu, em Vila Velha, na madrugada desta sexta-feira, 27. A tentativa de furtar as doses da vacina foi frustrada quando eles perceberam que não havia mais nenhum frasco no local. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o medicamento se esgotou no dia anterior ao fato.

De acordo com informações da assessora de gabinete da Prefeitura de Vila Velha, Marcia Andriollo, os assaltantes arrombaram a janela da sala de vacinação, que é de alumínio. Na manhã desta sexta, a vigilante que chegou para trabalhar viu que a luz estava acesa e percebeu que o local tinha sido invadido.

"A pessoa entrou e abriu a geladeira de vacinas. Ela viu que não tinha a de febre amarela e foi embora, pois tinha acabado no dia anterior. Existiam outras vacinas lá dentro e nenhuma foi levada. Estamos assustados e pedimos respeito às pessoas que fizeram isso, pois vamos vacinar apenas quem realmente precisa", disse Márcia.

Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será investigado pela Polícia Civil capixaba. Diante da tentativa de furto das vacinas, elas serão transferidas para uma central de imunização, fora da área da prefeitura, onde são monitoradas 24 horas por dia por seguranças armados. A unidade de saúde passará por reformas de segurança, para evitar novos crimes.

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.