Bandidos matam casal e são presos na zona norte de SP

Três menores e um maior foram presos, por policiais militares, no início da madrugada desta quinta-feira, na zona norte da capital paulista, acusados de latrocínio (homicídio seguido de roubo) de um casal. Ivo Rogério da Silva, 27, gerente da TKR Distribuidora de CDs, e a auxiliar da loja, Nadijane Santos da Silva, 28, foram abordados pelos quatro bandidos em um cruzamento do Jardim Peri, zona norte da capital, por volta das 22h, no interior de Santana verde, placas CFG 7103-SP.Os assaltantes entraram no carro das vítimas e levaram-nas para próximo de um matagal, na Estrada da Macumba, em Caieiras, grande São Paulo. Ivo e Nadijane foram executados com tiros na cabeça e os corpos abandonados na estrada de terra. Uma hora e meia depois, policiais militares desconfiaram dos quatro ocupantes do Santana, durante patrulhamento na rua Condessa Amélia Matarazzo, em Vila Amélia, zona norte da capital, e resolveram parar o veículo na rua Pedro Brasil Bandecchi, alguns quarteirões a frente.Em posse de celular, bolsa, dinheiro, talões de cheque e outros pertences das vítimas, os menores E.T.C., 16, J.A., 15. H.R.G., 15, e o ajudante-geral Wágner Leandro Camargo, 19, foram obrigados a confessar o crime. Os policiais discaram um dos números de telefone contidos no aparelho celular de Ivo e, atendidos por um dos vigias da empresa da qual ele era gerente, foram informados que Ivo e Nadijane haviam saído juntos da TKR, em um Santana verde por volta das 22h de ontem.A arma usada no crime foi encontrada com o menor A.C.S., 17, e Célia Araújo dos Santos, 28, ambos escondidos no interior de um barraco, na Favela do Sucupira, região de Vila Amália, zona norte da capital paulista. Os dois foram detidos e levados ao 38º Distrito Policial, onde também estão presos os três menores e Wágner Wágner foi indiciado por latrocínio (homicídio seguido de roubo) e corrupção de menores, pelo delegado do 38º Distrito Policial, de Vila Amália. Os adolescentes serão encaminhados à Febem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.