Bandidos matam e escondem corpo em galeria fluvial

No início da noite de domingo, policiais do município do Embu, na Grande São Paulo, encontraram o corpo de Anderson da Costa, que foi assassinado com tiros e golpes de faca. O cadáver estava no fundo de uma galeria fluvial, com cerca de 5 metros de profundidade, no Jardim São Luiz. Os criminosos cortaram mato nas proximidades e encobriram o local para que o morto não fosse encontrado.Anderson morava na Rua Nigéria 41, no mesmo bairro. Foi instaurado inquérito na delegacia do Embu. Ainda não se apurou as circunstâncias da agressão, nem a autoria e o motivo. Ao ser encontrado, no fundo da galeria, apresentava ferimentos com arma de fogo, além de cortes de faca por várias partes do corpo. Segundo a polícia, tudo indica que tenha sido torturado e que foi morto para várias pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.