Bandidos tentaram explodir muro de Bangu

O secretário de Administração Penitenciária, Astério Pereira dos Santos disse neste domingo que dois fuzis e duas pistolas foram encontrados com os rebelados no presídio de Bangú 4. A rebelião começou por voltas das 21 horas do sábado, depois que um grupo de bandidos explodiu parte de um dos muros de Bangu 4, com o objetivo de resgatar presos.Segundo o secretário, como o muro não caiu, os presos começaram o motim. ?As armas teriam sido passadas pelo buraco no muro?, explicou o secretário. O saldo da rebelião foi um preso morto, sete feridos, sendo um agente penitenciário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.