Bando dava o golpe do ''dólar preto''

A polícia de São José do Rio Preto procura integrantes de uma quadrilha formada por africanos que aplica o "golpe do dólar preto". Eles oferecem dólares que teriam sido trazidos ilegalmente da África pintados de preto. Durante a troca, um dos dólares é lavado com reagente químico, enquanto o restante é papel sem valor. A vítima só descobre depois. Na semana passada, dois africanos foram presos. Um deles, o cabeleireiro liberiano Mattew Dalieh Júnior, de 29 anos, tentou vender R$ 25 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.