Bando faz arrastão em condomínio de luxo no Morumbi

Os bandidos, armados de pistolas e metralhadoras, ocupavam 10 carros

Agencia Estado

15 de junho de 2007 | 02h51

Um bando formado por cerca de 30 assaltantes realizou, na noite de quarta-feira, 13, entre as 19 horas e 21h30, um arrastão em um condomínio de 20 casas na Rua Grumete Sandoval Santos, via particular no bairro do Morumbi, na zona sul da capital paulista.Armados de pistolas e metralhadoras e ocupando cerca de 10 carros, os bandidos, alguns encapuzados, renderam o vigia responsável pela entrada e saída dos moradores e deram início ao arrastão, no qual pelo menos 15 residências foram invadidas. Para que a polícia não fosse acionada, um dos criminosos ficou na entrada do condomínio ao lado do vigia e os demais se dividiram pelos imóveis.Durante duas horas e meia, o bando recolheu tudo o que podia das casas, fugindo nos mesmos veículos com os quais chegaram. Ainda não se sabe o total roubado das residências, pois, até o final da noite, apenas uma família havia comparecido na delegacia para registrar boletim de ocorrência.Segundo alguns moradores, foram levados celulares, reais, dólares, laptops, relógios, outros computadores e eletroeletrônicos em geral. Nenhuma vítima foi agredida pelos criminosos, que também não levaram os carros dos moradores.Tiroteio Também na noite de terça-feira, 13, por volta das 20h30, um bandido foi preso e outro conseguiu fugir após ambos renderem dois motoristas na Avenida Eliseu de Almeida, na Vila Sônia, também região do Morumbi. Armados, os criminosos aproveitaram o semáforo fechado e dominaram uma mulher de 40 anos, que estava ao volante de um Corsa, e o escrivão Jaime Donato, de 45 anos, da Delegacia de Crime Fazendários, da Polícia Civil, ao volante de um Meriva.Os criminosos entraram nos veículos e ordenaram que as vítimas dirigissem até a Rua Caminho do Engenho, onde o assaltante que estava ao lado do policial, após tomar da vítima relógio, carteira e celular, desceu do Meriva e foi ao encontro do comparsa que ocupava o Corsa. Ao perceber que outro criminoso também assaltava o veículo que vinha atrás, Donato aproveitou a fuga do assaltante que o havia dominado e armou-se com uma pistola que estava no assoalho do carro.Ao dar voz de prisão, houve uma rápida troca de tiros. José Carlos Silva, de 24 anos, foi preso, mas o outro assaltante conseguiu fugir a pé. As vítimas saíram ilesas.

Tudo o que sabemos sobre:
arrastãomorumbi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.