Bando que assaltava 3 bancos simultaneamente é preso no RS

Operação da Polícia Civil prendeu 11 pessoas de cinco cidades diferentes, incluindo uma de Santa Catarina

Central de Notícias,

13 Agosto 2009 | 18h55

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul prendeu na madrugada desta quinta-feira, 13, onze pessoas de uma quadrilha de roubo a banco. O grupo agia em assaltos simultâneos a dois ou três bancos em um município. Na ação que durou das 7 horas de quarta-feira, 12, até as 5 horas desta quinta, foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão além dos mandados de prisão temporária. As prisões ocorreram no município de Águas Mornas, em Santa Catarina, São Leopoldo, Porto Alegre, Novo Hamburgo e Palmeira das Missões.

 

O grupo é suspeito de ter agido no assalto a uma agência do Banco do Brasil no Vale do Taquari, em julho deste ano, no qual morreu o vereador Jandir Bianchini (PMDB). Com os presos a polícia apreendeu sete veículos - um Siena, um Stilo, um Astra, um Celta, um Corsa, um Focus e um Audi A4 -, 15 armas de diversos calibres e explosivo tipo C4, considerado potente pela polícia, quatro coletes à prova de balas, oito rádios comunicadores, algemas, quatro jalecos da Polícia Federal, uma jaqueta da Brigada Militar, toucas ninjas e duas mochilas de sobrevivência.

Mais conteúdo sobre:
polícia RS assalto a banco crime violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.