Bando resgata 18 presos no ABC

Numa ação ousada que terminou com três mortos, por volta das 22h de ontem, 18 presos da Cadeia Pública de Diadema, no grande ABC paulista, foram resgatados após bando explodir uma das paredes da carceragem. Anexa à 1ª Delegacia da cidade, a Cadeia Pública foi alvo de homens fortemente armados que chegaram ao local em vários veículos, inclusive motos. A equipe de plantão era formada naquele momento pelo delegado Jorge, um escrivão, um carcereiro e um investigador.Em meio à troca de tiros entre os policiais civis e os bandidos, parte dos criminosos que cercaram a delegacia teve tempo de explodir uma das paredes, pela qual 18 presos conseguiram escapar. Um dos bandidos que participaram do resgate foi baleado pelos policiais civis, outros dois foram perseguidos por policiais militares das Rondas Ostensivas Tobhias de Aguiar (Rota), que faziam patrulhamento na região, e também acabaram feridos a tiros. Os três criminosos ainda foram levados para o Pronto-socorro Municipal de Diadema, onde morreram. Nenhum policial ficou ferido segundo informações da equipe de plantão da Delegacia. Foram apreendidos um revólver calibre 38 e uma pistola calibre 380.Alguns dos veículos utilizados pela quadrilha foram abandonados em municípios vizinhos. Nenhum dos fugitivos foi recapturado até o momento. A Cadeia Pública de Diadema possui 10 celas e abrigava 300 presos antes do resgate.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.