Bando rouba mais de R$ 1 milhão de empresa de segurança

Cerca de oito homens roubaram mais de R$ 1,1 milhão da empresa de segurança Secopi (Segurança Comercial do Piauí), na zona leste de Teresina. O modus operandi foi uma tática utilizada por assaltantes de banco, que é fazer de refém o tesoureiro, o gerente ou sua família para depois sacar o dinheiro. Na madrugada, entre 4h e 5h, os assaltantes fizeram de refém o gerente e o tesoureiro da empresa para ter acesso ao dinheiro. Os agentes da polícia civil e da Polícia Federal estão na empresa para investigar pistas do assalto, identificar e prender os assaltantes. A polícia apura se não há envolvimento de pessoas ligadas à empresa para dar informações aos assaltantes de como e quando agir. O gerente executivo da empresa, Marcelo Rivero, evitou dar entrevistas à imprensa. Ele deixou ordens para secretária evitar passar informações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.