Bando rouba oito carros em três horas no Rio

Oito veículos foram roubados em menos de duas horas em meia na noite de quarta-feira, em Inhaúma, na zona norte do Rio. Entre os automóveis levados pelos assaltantes estava uma kombi da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. O arrastão foi comandado por traficantes ligados às favelas do Jacarezinho e da Fazendinha, segundo a polícia.Os assaltos foram cometidos por seis homens em uma kombi que tinham a cobertura de outras duas motos, na Avenida Pastor Martin Luther King, a cerca de 500 metros da 44ª Delegacia de Polícia. Para o titular da delegacia, Emerson Franco Rocha, o crime poderia ter acontecido "em qualquer lugar". "Eles ficaram ali porque era um lugar de fuga fácil. Tem saída para a Avenida Brasil e para a Linha Vermelha e Linha Amarela", tentou justificar o policial.Os criminosos começaram a roubar os veículos às 20h30. O primeiro foi um Golf GL preto. Em seguida, foram roubados outro Golf, duas Blazers, uma caminhonete S-10, um Citroën Xantia, um Astra e a Kombi da secretaria de Desenvolvimento Social. Um carro do Batalhão de Choque da Polícia Militar passou pelo local e houve troca de tiros. Os assaltantes seguiram pela contramão da Linha Amarela e escaparam. O delegado Rocha disse ter recebido a informação de que um pedestre teria ficado levemente ferido durante a troca de tiro.A Kombi da Secretaria de Desenvolvimento Social estava a serviço do Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e Adolescente e tinha acabado de deixar uma criança num abrigo. O voluntário do conselho Rafael dos Santos, de 18 anos, contou que levou um susto quando foi abordado pelos criminosos. "Ninguém esperava. Eles perguntaram se nós estávamos armados e um deles colocou uma pistola na minha barriga. O outro também ameaçou o motorista, e tentou tirar a carteira dele, mas não conseguiu. Foi um horror. Pensei no pior", disse o voluntário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.