Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bando seqüestra bibliotecária e acaba preso em Embu

Sete bandidos foram presos por policiais civis da Delegacia Central de Embu, na grande São Paulo, por volta das 23h de ontem, quando faziam como refém a bibliotecária R.C.A.S., de 35 anos, em um cativeiro, localizado na Rua Vladimir Herzog, nº 10, no Jardim Casa Branca, na cidade de Embu. A vítima foi abordada, às 18h de ontem, em seu Astra, no final da Avenida Oscar Americano, com a Avenida Morumbi, na zona Sul da capital. Ao parar o carro no semáforo, ela percebeu que dois homens haviam saído de um Fusca, atrás do Astra. Sem ter tempo para fugir, R.C.A.S. foi dominada e teve de abrir a porta do carro, enquano o Fusca, ocupado por outros três bandidos, tomava rumo ignorado.A princípio, os bandidos pretendiam realizar saques em caixas eletrônicos na região, mas, ao abrirem a carteira da vítima, viram que havia uma certa quantia em dinheiro e vários cartões, então decidiram dar início a um seqüestro, pois pensavam que a mulher fosse rica. A bibliotecária acabou sendo levada para o cativeiro.Por volta das 22h, os policiais do plantão noturno da Delegacia Central de Embu, sob a chefia do delegado Raul Godói Neto, receberam uma denúncia anônima sobre o o seqüestro em andamento. Quando os policiais chegaram no cativeiro, numa casa ao lado de outras duas, em um mesmo terreno, a vítima estava deitada em um colchonete. Foram presos Edilson Cardoso Ribeiro, 24, Alex Gouveia de Freitas, 25, o irmão deste, Pedro Gouveia de Freitas, 19, César de Mello Vieira, 19, Édson Borges dos Santos, 32, sua mulher, Edna de Almeida, 41, e o filho desta, Augusto de Almeida Nunes, 22.Roleta-russaPedro e César foram detidos, já com os policiais dentro do cativeiro, quando chegavam em uma moto, pois haviam saído para comprar um lanche para a vítima. Pedro, segundo a polícia, várias vezes realizou a chamada roleta-russa contra a bibliotecária. O bando foi indiciado por formação de quadrilha e seqüestro, pelo delegado Plínio Tadeu de Andrade, titular da Delegacia Central de Embu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.