Bando usa explosivos e fuzis para roubar carro-forte na Bahia

Criminosos não levaram dinheiros pois malotes estavam vazios; duas pessoas ficaram feridas na ação, na BR-324

Solange Spigliatti, Central de Notícias

16 de outubro de 2009 | 11h29

Uma quadrilha de aproximadamente 15 homens fortemente armados assaltou um carro-forte, na noite de quinta-feira, 15, na Rodovia BR-324, na Bahia, usando explosivos e fuzis usados pelo Exército. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os criminosos roubaram momentos antes um caminhão e uma Pajero, na Rodovia BR-116, para interditar a rodovia por onde o carro-forte passaria.

 

Veja também:

linkGranada é usada de novo em assalto

 

Dois passageiros do caminhão ficaram feridos, um deles no braço, com um tiro de fuzil. O motorista da Pajero foi atingido por uma coronhada na cabeça. Por volta das 21h15, os bandidos interceptaram o carro-forte da empresa Preserv, na região da cidade de Amélia Rodrigues, atirando contra o veículo. Os vigias pararam o carro e fugiram para um matagal.

 

Os criminosos usaram explosivos para destruir o cofre interno do carro-forte. Segundo a PRF, foram levados coletes balísticos, armas calibre 12 e 38 e diversos malotes de dinheiro, que estavam vazios. Foram encontradas várias cápsulas de fuzis calibre 556, 762, usados pelo Exército, e calibre .40.

 

Um Corolla, também usado durante o assalto, que estava com placas clonadas e com o para-brisa de trás quebrado, por onde os bandidos atiraram contra o carro-forte, segundo a PRF, foi encontrado perto do local. A rodovia ficou interditada totalmente por uma hora. Ninguém foi preso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.